Os campeões jogam aqui

ESPORTE SERRA

CA-JU 282: EMPATE JUSTO NO CENTENÁRIO

19 FEV 2018
19 de Fevereiro de 2018

Caxias e Juventude fizeram um clássico equilibrado na noite desta segunda-feira (19) no Estádio Centenário. O placar de 1 a 1 refletiu a realidade da produtividade dos times na partida. João Paulo abriu o placar para o Caxias logo aos cinco minutos do primeiro tempo. O empate alviverde veio com Felipe Lima, aos 11 minutos da etapa complementar. Com 15 pontos, o time de Luiz Carlos Winck fica no terceiro lugar do Gauchão, com um jogo a menos que o Inter. O Juventude, de Antônio Carlos Zago, foi para seis pontos e ocupa o novo lugar, ainda fora da zona de classificação. O Caxias volta a campo na sexta-feira (23), diante do Brasil de Pelotas no Centenário. O Juventude pega o Cruzeiro, domingo (25), no Alfredo Jaconi.

E o clássico começou quente. Aos cinco minutos, Igor Bosel recebeu pela direita e fez cruzamento perfeito para João Paulo, que se antecipou para cabecear no canto direito de Douglas, abrindo o placar no Centenário.

O Juventude tentou responder. Aos oito minutos Fred cabeceou perto do gol. Aos 12 minutos, foi Ricardo Jesus que cabeceou para fora após cruzamento. Aos 18, João Paulo fez boa jogada e cruzou, mas Daniel Cruz não conseguiu chegar e o Juventude escapou. Um minuto depois, João Paulo quase fez o segundo, concluindo muito perto após rebote.

Aos 36, Fellipe Mateus fez bom passe para Pará, mas ele concluiu para fora. Aos 37, Gledson se atrapalhou em escanteio, a bola sobrou para Matheus Santana, que girou e concluiu, mas a bola foi na rede pelo lado de fora. Aos 43, Julinho recebeu passe de Rafael Gava e chutou por cima do gol.

Veio o segundo tempo e o Juventude tentou pressionar mais. Teve dois escanteios antes dos dez minutos. Aos 11, João Paulo tentou responder. Recebeu livre e chutou para firme defesa de Douglas. Um minuto depois, o empate. Felipe Lima aproveitou o erro de Igor Bosel, que cortou mal o cruzamento, dominou e chutou no canto esquerdo, o goleiro Gledson não conseguiu evitar o gol alviverde, para festa da papada no Centenário.

Aos 16, Pará cobrou falta, Ricardo Jesus desviou e a bola bateu na trave. Na resposta, um minuto depois, Daniel Cruz concluiu cruzamento de Nicolas com muito perigo, perto do gol. Aos 21, Fellipe Matheus deu lugar a Jô. Aos 33, Gava cruzou e Douglas fez defesa importante. Túlio Renan entrou no Caxias. Depois, João Paulo deu lugar a Alex Willian. Entrou Caprini e depois Vinícius no Juventude.

(Foto: Luiz Erbes, divulgação)

Voltar

"Somos a voz do campeão"