Os campeões jogam aqui

ESPORTE SERRA

JUVENTUDE SAI NA FRENTE, MAS NÃO RESISTE E PERDE PARA O INTER NO BEIRA-RIO

16 FEV 2018
16 de Fevereiro de 2018

O Juventude até começou bem, mas novamente se mostrou incapaz de produzir para vencer fora de casa e perdeu para o Internacional por 3 a 1 na noite desta quinta-feira (15), no Beira-Rio. O alviverde segue fora da zona de classificação, com apenas cinco pontos em sete jogos no Gauchão. Pior, o alviverde olha para a parte de baixo da tabela, já que tem apenas um ponto a mais que o primeiro time da zona do rebaixamento. O Juventude foca no clássico e tenta recuperação diante do Ca-Ju na próxima segunda-feira (19), no Centenário.

O Juventude começou trabalhando a bola. Já aos três minutos teve escanteio, após conclusao de Guilherme Oselame, que desviou na defesa colorada. O Inter respondeu duas vezes pelos lados. Aos oito minutos, Iago cruzou para Damião, mas César Martins apareceu para salvar para escanteio.

Aos 14, o gol do Ju. A defesa do Inter errou e Queiróz apareceu livre para encobrir o goleiro e marcar um belo gol no Beira-Rio. No entanto, a felicidade alviverde acabou em um cochilo de marcação em escanteio, aos 19 minutos. D’alessandro cobrou rasteiro e achou Patrick se movimentando livre para mandar no canto esquerdo de Douglas, cruzado, empatando o jogo.

A virada colorada veio no final do primeiro tempo. D’alessandro fez passe de direita para Iago. O lateral chutou forte, mas o goleiro Douglas aceitou, espalmando para dentro.

Veio o segundo tempo e mais uma vez o Juventude começou melhor, mas no final o Inter tomou conta do jogo. A melhor chegada do Juventude foi com Queiróz, que recebeu passe e concluiu para grande defesa de Danilo Fernandes. Pará, aos 24 minutos, chegou cruzando bola que passou por todo mundo. Depois de perder duas boas chances, o Inter fez o terceiro. Aos 38, D’alessandro achou Nico López em espaço aberto entre os marcadores. Ele tocou na saída de Douglas e definiu o placar. Patrick ainda poderia ter ampliado aos 43, mas parou em Douglas.

 

 

Ficha Técnica:

Internacional (3): Danilo Fernandes; Dudu (Gabriel Dias), Klaus, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado (Wellington Silva), Edenilson, Patrick e D'alessandro; Willian Pottker (Nico López) e Leandro Damião. Técnico: Odair Hellmann.

Juventude (1): Douglas; Vinícius, Fred, Cesár Martins (Vidal) e Pará; Sananduva,            Guilherme Oselame (Denner), Felipe Matheus e Felipe Lima (Caprini); Queiróz e Ricardo Jesus. Técnico: Antonio Carlos Zago.

Local: Estádio Beira-Rio (Porto Alegre/RS)

Gols: Queiróz (aos 14 do 1º) (J); Patrick (aos 19 do 1º), Iago (aos 43 do 1º) e Nico López (aos 38 do 2º) (I)

Arbitragem: Daniel Bins, auxiliado por Thiago Kappese por Andreza Mocelin

Cartões Amarelos: Iago, Victor Cuesta (I); Queiróz (J). 

Voltar

"Somos a voz do campeão"